Dicas na hora de ter plantas de interior

Antes de comprar plantas para decorar nossas casas, devemos pensar nas condições de luz, umidade e ventilação que cada cômodo tem para que as plantas que consigam crescer e ficar bonitas. Na hora de montar a decoração de uma casa ou de um apartamento, a escolha de itens que trazem bem-estar e conforto ao lar ajuda a tornar sua residência mais agradável para se viver.

Plantas são ótimas para conferir sensação de relax na sua residência. Um pedaço da natureza dentro dos lares, as folhagens, as flores e as pequenas árvores servem de enfeite para todos os ambientes – seja ele interno ou externo.

A seleção da espécie que vai decorar o lar deve acontecer depois de uma pequena análise do microclima dos ambientes da residência: como é sua iluminação (se a entrada da luz natural acontece e se é difusa ou não), como é a ventilação local e o espaço disponível.

Feito o estudo, basta escolher a planta que mais agrada aos moradores da casa e mantê-la com saudável com a medida certa de irrigação que a flor, folhagem ou árvore pede (além da adubagem).

 

O que escolher para cada cômodo

Em ambientes internos como a sala de estar, o quarto ou o corredor uma opção é enfeitar o ambiente com plantas arbóreas como o ciclantus, se a casa dispor de espaço amplo, ou plantas menores como as orquídeas, que cabem em mesas de cabeceira ou de centro.

Cuidados: A orquídea é uma planta que pede banhos de sol durante a manhã e fim da tarde para crescer. Por outro lado, ela também não exige solo encharcado de água e sim um recipiente arejado para suas raízes respirarem.

Na cozinha, o calor do fogão e do forno pode impactar no desenvolvimento das plantas. Caso queira manter alguma espécie no local, é importante que o cultivo aconteça a uma distância segura do utensílio. O parâmetro é você não sentir calor. Violetas e ervas ficam ótimas como itens decorativos.

Cuidados: Nesse cômodo, é muito comum o plantio de temperos para alimentos, como a salsinha, o alecrim, o manjericão e a hortelã. Contudo, o microempresário alerta que, apesar de ser um cultivo prático para o uso, o plantio no local não é indicado. O problema de cultivar ervas e temperos é que a maioria deles necessita de luz. E dificilmente as cozinhas têm iluminação suficiente.

Quanto às violetas, as flores se dão bem com vasos de barro e não com os famosos recipientes de plástico. Também é preciso ter cuidado com o ritmo de irrigação: uma vez por mês é o necessário.

Apesar de apresentar bastante umidade, o que influencia o microclima do banheiro é a iluminação disponível no ambiente. Geralmente, o banheiro recebe menos luz do que os demais cômodos das casas, por isso, as suculentas são ótimas opções para o local.

Cuidados: Apesar de serem conhecidas por sua resistência, às suculentas exigem luz solar ao menos uma vez por semana e irrigação regular.