Restaurante Attimo, fusão de comida Italiana e Brasileira (São Paulo, Brasil)

A mistura da cultura italiana com a culinária típica do interior paulista foi a inspiração que o chef Jefferson Rueda usou para criar o restaurante Attimo (“momento” em italiano). Única, a casa é fruto da amizade entre Rueda e o restaurateur Marcelo Fernandes, proprietário dos reconhecidos Kinoshita, Clos de Tapas e Mercearia do Francês. Amigos há anos, os dois, que se aproximaram através da relação de chef e comensal, passaram meses resgatando tradições, desvendando sabores e testando combinações.

rp-attimo-2

Criado na roça, Rueda viu seus avós italianos adaptarem as receitas da família usando ingredientes brasileiros. O resultado é uma cozinha ítalo molho do assado, Noque de batata doce roxa assada com orelha de porco, espinafre europeu e vinagre balsâmico envelhecido 25 anos e Carne de porco à moda caipira em quatro versões: medalhão com bacon, linguiça da casa, pancetta e codeguim.

Outro destaque é o bar da casa: aberto durante todo o dia, o bar tem três pratos especiais, que podem ser degustados a qualquer hora – Noque de batata ao molho de tomate italiano e peccorino trufado, Fusilli caseiro de ragu de linguiça calabresa e peperoncino e Milanesa de coxão mole, legumes, salsa verde e mostarda de Cremona -, uma seleção de drinques destrinchar bovinos e suínos, de que se orgulha. Aos 17 anos, Jefferson formou-se chef internacional no SENAC, e então migrou para São Paulo, onde trabalhou em alguns dos principais restaurantes da cidade.

rp-attimo-1

Tempos depois, embarcou para França, onde estudou no Le Cordon Bleu e estagiou no Apicius, entre outras casas. De volta ao Brasil, trabalhou também no Cantaloup e Parigi e, só neste último, foram sete anos ao lado do chef Laurent Suaudeau. Foi com Laurent que imergiu na gastronomia francesa, decidindo dedicar-se a cozinha contemporânea de base francesa e ingredientes brasileiros. Porém, sua ligação com a cozinha italiana é forte. Foram oito anos trabalhando neste segmento em São Paulo, além de realizar cinco grandes viagens à Itália, neste período, onde conheceu o país de norte a sul.

No Attimo, emprega a técnica francesa, a experiência italiana e sua raiz caipira. Para este desafio, o chef passou uma temporada de seis meses, em 2011, em renomadas cozinhas espanholas e duas pequenas fábricas de embutidos dedicadas às receitas suínas, que inspiraram alguns preparos de sua nova casa.

Cervejas e cachaças, além de comidinhas de bar, entre elas Mini coxinhas recheadas com galinha caipira e fonduta de catupiry, Pão de queijo caseiro recheado com linguiça levemente defumada e Canudinho de festa de casamento ao creme de camarão e ovas de peixe Mujol.

attimo sp

 

Sobre Jefferson Rueda

attimo-chefJefferson Rueda, 34, nasceu em São José do Rio Pardo, interior de São Paulo. Ainda criança se encantou pela gastronomia e durante dois anos trabalhou como açougueiro em sua cidade natal. Lá, aprendeu a caipira, como o próprio chef optou por chamar. Os elementos deste recém-criado conceito foram salpicados por todo o restaurante: a decoração aconchegante como em uma sala comunal de uma grande fazenda, dos 142 vinhos – mais da metade são italianos – expostos na adega climatizada localizada acima do salão principal, e até uma horta orgânica com pimentões, abóboras e ervas para temperos ladeando a parte externa da casa. Há também uma carta especial de cachaça com 40 variedades.

 

Da cozinha, saem pratos inspirados nas duas Itálias de Jefferson, a paulista e a europeia, como o Ravióli surpresa de galinha caipira e quiabo ao leve.

 

 

 

Contato:

Rua Diogo Jácome 341, São Paulo.

Tel: +55 11 5054 9999.

Almoço: Terça a sábado, 12h às 15h, Domingo, 12h às 17h Jantar: Terça à sábado, 19h à 24h • Reservas: 11 2339.3250 ou 11 5054.9999 ou reservas@attimorestaurante.com.br

http://www.attimorestaurante.com.br